12 de outubro de 2012

Em Solânea prefeito e vice são cassados por compra de votos. Confira!

O prefeito de Solânea, Francisco de Assis Melo (PMDB) e o vice-prefeito e Jucimar Cândido da Costa (PR), tiveram os mandatos cassados pelo juiz da 48ª Zona Eleitoral, Osenival dos Santos Costas, por compras de votos na eleição de 2008. Também foi cassado o mandato da vereadora Miriam.

Na sentença, o juiz eleitoral determina o imediato afastamento dos gestores e realização de eleições suplementares, pela Câmara Municipal de Vereadores.

O advogado de Francisco Melo, Marcos Souto Maior Filho, afirmou que vai recorrer da decisão e entrará com liminar no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) para que os gestores permaneçam nos cargos.

O prefeito e vice respondem a uma Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (AIME) por abuso de poder econômico e político. A decisão foi publicada nesta quinta-feira (11) no Diário de Justiça Eletrônico do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba.

Francisco Melo também esteve envolvido na Operação Pão e Circo deflagrada pela Polícia Federal e chegou a ser preso no dia 28 de junho deste ano. Ele é acusado de ter envolvimento no desvio de recursos públicos supostamente destinados à contratação de atrações artísticas (principalmente bandas de forró) para apresentações em festas de Réveillon, São João, São Pedro e Carnaval em 13 municípios do Estado.

Portal Correio | Edição Matureia1.com