12 de setembro de 2012

Fim da greve nas Universidades Federais da paraíba.

Greve de professores é encerrada na maioria das federais


Greve de professores é encerrada na maioria das instituições federais; na Paraíba, docentes devem retornar aos trabalhos no dia 17 deste mês. 33 universidades federais decidiram encerrar a greve dos professores, totalmente ou em alguns campi, segundo o Ministério da Educação – MEC.

O número é o mesmo de Institutos Federais de educação, ciência e tecnologia – IF’s – que deram fim ao movimento de paralisação. Os técnicos administrativos de universidades e institutos federais também retornaram às atividades.

Na Paraíba, os professores da Universidade Federal de Campina Grande – UFCG – mantiveram a greve com indicativo de retorno às aulas dia 17. A Universidade Federal da Paraíba – UFPB – também manteve a paralisação por tempo indeterminado.

Segundo o secretário de educação superior do Ministério da Educação, Amaro Lins, mesmo as instituições que oficialmente ainda não definiram, em assembleias, a saída da greve, já estão retomando as aulas, segundo as próprias reitorias.

Professores de nove universidades federais e de dez câmpus isolados de outras instituições já voltaram às atividades acadêmicas. Nesta segunda-feira (10), retomaram as aulas as universidades federais do ABC – UFABC, da Fronteira Sul –UFFS – e a de Alfenas – Unifal.

Em outras 17 universidades e cinco campi isolados, há previsão de retorno às aulas, no máximo, até o dia 17 de setembro.

O governo federal encerrou as negociações com os sindicatos dos docentes e com todas as outras categorias, encaminhada a Lei Orçamentária Anual – LOA – enviada ao Congresso Nacional em 31 de agosto.

MEC | PB Agora | Edição Matureia1.com