27 de agosto de 2012

Patos sedia segunda etapa do Planejamento Democrático.

Conselheiros do Orçamento Democrático das regiões geoadministrativas polarizadas pelas cidades de Sousa, Cajazeiras, Catolé do Rocha, Princesa Isabel, Itaporanga e Patos participaram do planejamento democrático que aconteceu no auditório da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG)  nos dias 24 e 25 de agosto.

Essas reuniões acontecem para que sejam definidas as prioridades regionais de investimento governamental que deverão constar na Loa 2013. 

As prioridades foram apontadas pela população através das consultas realizadas em 16 cidades das 14 Regiões Geoadministrativas da Paraíba.

Mais de 150 Conselheiros reunidos com os Secretários de Estado,  Diretores e técnicos de Órgãos Governamentais debateram sobre as prioridades apontadas pela população nas Plenárias do ODE/2012. Para o Conselheiro da região de Patos João de Deus a Paraíba está mudando a forma de se fazer política “Hoje nós, conselheiros de forma voluntária acompanhamos  as ações do Governo, opinando, criticando e elogiando, além de lutar para que as demandas advindas da população sejam priorizada” Conclui João de Deus.
As pastas mais demandadas pelas Regiões aqui representadas foram as Secretárias de Estado da Educação, da Saúde, de Recursos Hídricos, de Desenvolvimento Humano, além do DER, do Projeto Cooperar, da CAGEPA, da CEHAP e da CDRM.

Essa segunda etapa iniciada no dia 22 em Pombal, reunindo as cidades da 13ª Região e com a participação de Conselheiros da 6ª e 10ª Regiões para discutir sobre agropecuária com o secretário de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca da Paraíba, Marenilson Batista. A reunião aconteceu na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais. 

O secretário de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca, Marenilson Batista da Silva, destaca que o Planejamento Democrático, vai de fato garantir que a Secretaria desempenhe melhor suas atividades junto com as empresas vinculadas objetivando elevar a produtividade no campo para gerar mais renda e fazer crescer a economia no Estado.

O secretário revelou que recursos do Empreender Paraíba e do Projeto Cooperar também contribuirão com as políticas que desenvolvimento das cadeias produtivas. Para o secretário o Orçamento Democrático Estadual contribuiu com propostas importantes para compor a Lei Orçamentária Anual 2013 e que parte desta demanda contempla ações voltadas à agricultura familiar.

6ª Gerencia | Edição Matureia1.com