13 de julho de 2012

Teixeira, 12 Candidatos a Vereador e uma Candidatura a Prefeito Têm Pedidos de Impugnação pelo MPE.

Na tarde desta terça-feira (12), as conversas políticas na cidade de Teixeira-PB tomaram rumos diferentes depois que foi publicado no mural do cartório eleitoral da cidade uma lista contendo 13 pedidos de impugnação, sendo 12 nomes de candidatos a Vereador e um nome da candidata a prefeitura pelo PSB.

Desta vez, o MP acionou a Justiça Eleitoral e fez os pedidos de impugnação contra as candidaturas a vereador de:

  • Crispina Campos dos Santos (PR);
  • Edinaldo Paulino Alves (Naldo Alves - PSDB);
  • Francisco de Assis Paz de Amorim (Galego de Lô – PDT);
  • Geraldo Magelo Pereira (Prof. Geraldo – PDT);
  • Inácio de Oliveira Amorim Junior (Juninho de Inacinho – PPS);
  • Jackelina Guedes da Silva (Boneca – PDT);
  • João Crisóstomo G. Brasil (J. Brasil – PT);
  • José Ivanildo da C. Alves (Dida de Miguelzinho – PPS);
  • José Murivaldo L. da Silva (Murica – PDT);
  • Laura magna Torreão (Laura Reis – PR);
  • Shirleide Nunes Guedes (PP)
  • Terezinha Queiroz Amorim (Lô de Galego – PDT).

De acordo com o publicado no mural do cartório Eleitoral, os pedidos de impugnação dos candidatos a Vereador, todos foram por ocasião da NÃO APRESENTAÇÃO do comprovante de escolaridade, o que não quer dizer que os candidatos sejam analfabetos.

Na mesma lista dos pedidos de impugnação dos candidatos a Vereador está também o pedido de impugnação da candidata a prefeita Rita Nunes Pereira (Rita – PSB). O pedido foi feito pela Promotoria de Justiça, que de acordo com o conteúdo existente, “verifica-se que a candidata impugnada exerceu, durante os anos de 2005 a 2008, o mandato de Prefeita Municipal de Teixeira e em um dos anos no período, teve suas contas rejeitadas pelo TCE.

Para livrar-se da alegada causa de inelegibilidade, cabe a ex-prefeita Rita Nunes demonstrar, que suas contas não foram rejeitadas por irregularidade insanável configuradora de ato doloso de improbidade administrativa, por decisão irrevogável do órgão competente, que segundo os advogados da candidata, toda defesa já foi apresentada, mesmo antes de ter sido feito este pedido de impugnação por parte do MPE.

Texto: Thadeu Filmagens | Lista: Mural do Cartório Eleitoral | Edição Maturéia1