27 de julho de 2012

Por conta do PT, juiz eleitoral indefere candidatura de Daniella Ribeiro em Campina Grande. Confira!

Daniella Ribeiro está apta, mas vice não tem 'aptidão partidária' (Foto: Divulgação)O juiz da 71ª Zona Eleitoral, Giovanni Magalhães Porto, indeferiu na tarde desta quinta-feira (26) a candidatura de Daniella Ribeiro (PP) a prefeita de Campina Grande. A decisão do magistrado se deu por conta da aliança formada com o PT que tem Peron Japiassú como candidato a vice na chapa da pepista.

Daniella formou aliança com o PT em Campina Grande, mas a candidatura própria do petista Alexandre Almeida foi deferida pela Justiça Eleitoral impedindo que a união entre PP e PT continue.

A candidata ainda pode recorrer da decisão do magistrado junto ao Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB).

Candidata diz que vai recorrer

A candidata a prefeita de Campina Grande, Daniella Ribeiro (PP), disse ao PolíticaPB que estranhou a decisão do juiz da 71ª Zona Eleitoral, Giovanni Magalhães Porto, de indeferir, na tarde desta quinta-feira (26), o seu registro de candidatura. Segundo a candidata, todas as instâncias partidárias do PT apóiam a coligação na Rainha da Borborema.

Na ocasião, Daniella Ribeiro disse que sua equipe jurídica já está se movimentando para recorrer da decisão do magistrado junto ao Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB).

Daniella lembrou ainda que uma resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) diz que em cidade com mais de 100 mil habitantes vale a determinação da Executiva Nacional. “Vamos recorrer dessa decisão, sem dúvida”, destacou.

PoliticaPB | Edição Matureia1.com