15 de agosto de 2011

Deputado do PSDB diz que o PSD na Paraíba já nasce grande sob comando de Rômulo

        “O PSD já nasce grande sob o comando de Rômulo Gouveia e de outros nomes de destaques da política da Paraíba, e com certeza terá um longo caminho de sucesso. Torcemos pelo êxito dessa agremiação valente e competente”.

        A declaração é do deputado federal Romero Rodrigues (PSDB/PB), destacando a realização da convenção estadual do Partido Social Democrata (PSD) nesta segunda-feira (15), no auditório da Assembleia Legislativa, em João Pessoa.

        Romero lembra que o PSD conta em seus quadros com atuantes políticos além do vice-governador, Rômulo Gouveia, um dos principais articuladores do partido na Paraíba, e dos deputados estaduais Manoel Ludgério e Eva Gouveia, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, lideranças, convencionais de todo o Estado e simpatizantes da legenda.

        O PSD está sendo estruturado em vários municípios da Paraíba e realizou, no último fim de semana, reunião para composição do diretório municipal de Campina Grande. Pelo menos, mais 30 municípios terão as comissões provisórias definidas ainda neste mês. O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, comandou na manhã de sábado a convenção nacional do PSD que elegeu a chapa única da nova sigla. A realização da convenção é a última etapa exigida para que o partido entre com o registro na Justiça Eleitoral.

        “Até sexta-feira da semana que vem pretendemos entrar com o pedido de registro do partido no Tribunal Superior Eleitoral”, disse Kassab ao final da convenção. Segundo o prefeito, mais de 500 mil assinaturas de apoio à criação da legenda já foram homologadas pelos Tribunais Regionais Eleitorais. A coleta de ao menos 480 mil assinaturas de eleitores é uma das exigências da Justiça Eleitoral.

Além de Kassab na presidência nacional da legenda, os futuros filiados elegeram a deputada Kátia Abreu (TO) na primeira vice-presidência, o ex-ministro Roberto Brant (MG) na segunda vice-presidência, o governador Raimundo Colombo (SC), na terceira vice-presidência, e o governador Omar Aziz (AM) na quarta vice-presidência. Tirando Aziz, todos os vices de Kassab faziam parte do quadro do DEM.

                A secretaria-geral ficou com o ex-deputado Saulo Queiroz (MS), a primeira secretaria ficou com o deputado Eduardo Sciarra (PR) e a segunda secretaria ficou com o ex-deputado André de Paula (PE). O tesoureiro do PSD será o diretor da Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação de São Paulo (Prodam), Flávio Chuery (SP). Todos os secretários e o tesoureiro eram ligados ao DEM.

        De acordo com o deputado Guilherme Campos (SP), futuro líder da bancada do PSD na Câmara Federal, o novo partido já conta com a adesão de 40 deputados. “Depois do registro, vamos passar de 50”, calcula. Já o prefeito Kassab é mais otimista. “Vamos conseguir de 50 a 60 deputados”, disse.

Maturéia1
Fonte:PoliticaPB