17 de outubro de 2012

Acusada de plágio, Xuxa pagará R$ 50 mil ao autor da Turma do Cabralzinho. Confira!

A apresentadora Xuxa foi condenada a indenizar em R$ 50 mil o autor dos personagens da Turma do Cabralzinho. De acordo com a sentença, seis personagens da série Turma da Xuxinha foram copiados do grupo criado pelo publicitário mineiro Leonardo Soltz (a Turma do Cabralzinho). 

As figuras históricas contam o descobrimento do Brasil por meio de jogos e diversão para tornar o aprendizado parte da brincadeira.

Na ação, Leonardo alegou que apresentou os personagens à empresa de Xuxa, por ocasião da comemoração dos 500 anos de descoberta do Brasil (2000), mas que não houve interesse em veiculá-los. Entretanto, pouco tempo depois de afirmar seu desinteresse, a empresa criou um grupo de personagens, a Turma da Xuxinha, à imagem e semelhança daqueles idealizados pelo autor. De acordo com o publicitário, a apropriação indevida prejudicou "severamente" o projeto Cabralzinho, que não teve continuidade.

A juíza Flávia de Almeida Viveiros de Castro, da 6ª Vara Cível da Barra, no Rio de Janeiro, quem fez a sentença para a empresa Xuxa Promoções e Produções Artísticas por danos materiais, violação aos direitos do autor e uso indevido de marca. Ainda cabe recurso.

UOL | Edição Matureia1.com