26 de outubro de 2012

Apagão faz surgir preconceito contra nordestinos na web.

O apagão que atingiu os estados da região Nordeste e Norte, na madrugada de hoje, ficou entre os assuntos mais comentados nas redes sociais. A população usou várias ferramentas para relatar o problema. No Foursquare, aplicativo de geolocalização, usuários criaram o “Apagão”, nele era possível fazer check-in, confirmando estar no blackout. 

Além de informar os locais prejudicados com a falta de energia, muitos internautas usaram os tradicionais Facebook e Twitter para fazer comentários preconceituosos contra a população nordestina. 

No Twitter, um internauta identificado apenas como @HumorNegroo postou o seguinte comentário: “apagão no nordeste e só agora fui descobrir que lá tinha energia elétrica kkkkk”. Já o perfil @hadoucken escreveu: “gente não sei pra que zuar o nordeste pelo apagão quem vê pensa que eles tem tanta coisa assim pra ligar na tomada”. Os comentários provocaram discussões acaloradas na rede e troca de ofensas. 

Alguns usuários postaram comentários chamando atenção do Ministério Público a posts considerados ofensivos. Além disso, alguns internautas responderam às ofensas com mais violência. Em resposta às ofensas, o perfil @ApontandoEstudo disse: “Fazer piada com o #apagao do Nordeste só mostra o quão ignorante você é, apontam estudos”. O perfil @semprebahia também rebateu os preconceitos na rede: “Nessas horas que vemos o preconceito com os nordestinos... Tantas piadas de‘mal’ gosto! Ridículo!”. 

O crime de racismo é previsto no Artigo 20 da Lei 7.716, Constituição Federal de 05/01/1989, que trata da prática, indução ou incitação a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia ou procedência nacional. 

Diário do Nordeste | Edição Matureia1.com