17 de janeiro de 2012

Presidente do PSB garante que renúncia de Agra não é plano de marketing e assegura: ‘Ele não volta’

O presidente do PSB de João Pessoa, Ronaldo Barbosa, descartou hoje o retorno do prefeito Luciano Agra a disputa eleitoral. “Não existe esta possibilidade”, garantiu em entrevista aos jornalistas Giovanni Meirelles e Beth Menezes, âncoras do programa Correio News, da Jovem Pan.

Barbosa revelou que manteve conversas com Agra após a divulgação da carta em que renuncia a candidatura à reeleição. E saiu convencido de que não se trata de plano de marketing.

”Se retornasse, estaria cometendo um problema sério em função das confissões que fez na carta”, avaliou o presidente do PSB, que garantiu: a decisão pegou o partido de surpresa. E que não havia pesquisa interna desfavorável ao prefeito.

Em busca do substituto

O presidente do PSB admitiu adiar o anúncio do substituto do prefeito, inicialmente previsto para dia 23.

“Pode demorar mais”, disse Barbosa, anunciando que as rodadas de negociações começam amanhã junto com o governador Ricardo Coutinho e com o próprio Agra. 

Para o presidente do PSB, o novo candidato tem que ter pouca rejeição e conhecer bem as demandas da Capital, com foco nas camadas mais pobres da população. 

Ele citou como prováveis os socialistas Estelizabel Bezerra, Ubiratam Pereira, Emília Correia Lima e João Azevedo. Mas adiantou que haverão conversas com partidos da base aliada.

Adriana Bezerra | Portal Correio | Edição Maturéia1